Recém-nascidos

ISABELA

Pés que escalam incansavelmente o seu corpo enquanto você tenta fazer o almoço

Pés que são colocados dentro da sua boca enquanto seus braços doem de ter dado colo o dia todo

Pés que correm em cômodos que a porta estava fechada

Pés que perderam os sapatos que você acabou de comprar

Pés que são tão lisinhos quanto a palma da mão

Pés que conhecem o mar pela primeira vez

Pés que conseguem equilibrar por poucos segundos


E se você soubesse, desde o início, que serão os mesmos pés que quando pararem de perder sapatos e não forem tão lisos assim, irão buscar outras coisas que não são seu corpo, seu braço ou o cômodo proibido?


Mas você sabe disso.