Imagem capa - O QUE TERIA SIDO DIFERENTE? por Marcela Rosa
PARA MEUS PEQUENOS LEREM

O QUE TERIA SIDO DIFERENTE?

ATIRE A PRIMEIRA PEDRA QUEM NUNCA PENSOU NO "SE"



Às vezes a gente fica tentando imaginar quanto dinheiro teríamos se eles não existissem.



A gente pensa que, provavelmente, teríamos feito o casamento dos nossos sonhos, que já teríamos um carro melhor ou talvez estivéssemos pensando hoje em comprar a nossa tão sonhada casa com quintal.



Mas... pra que tudo isso sem eles? Ter feito uma festa maravilhosa, ter um carro novo ou uma casa grande... se a gente não tivesse alguéns pra bagunçar a organização, pra agitar o silêncio, pra acordar o sono e principalmente pra desacelerar a pressa.



Nossos halloweens passariam sem doces, nossas páscoas não teriam coelhos, a gente passaria anos sem saber quando é o dia da árvore.



Sem festa, a gente confirma que casamento é algo diário e não de um dia. Sem quintal, consigo brincar de tinta, plantar feijão no algodão e até arriscar montar uma micro piscina na área. Sem carro novo, consigo me pegar rindo junto com eles das piadas sobre nosso “sapão”. Sem casa grande, minha sala comporta todos os amigos que quero receber (que já não são tantos mais, apenas os verdadeiros). 



Minha festa é celebrada na padaria falando “não” pro iogurte todo santo dia ou nas florzinhas arrancadas diariamente no jardim daquele prédio que fica no caminho da escola. Meu carro consegue carregar mais crianças do que qualquer van escolar poderia imaginar (e qualquer policial poderia ver rsrs). Minha casa cria espaço até pra festa de aniversário naquele ano que não deu pra alugar um salão ou sítio. 



Às vezes a gente pensa o que teria sido da vida sem eles. Mas aí não seria vida. Não a nossa.


Marcela Rosa







Você pensa como eu e compartilha dos mesmos sentimentos loucos que essa tal de maternidade traz?

Vamos bater um papo e deixar tudo isso guardadinho pro seu pequeno!! Afinal, quando toda essa rotina passar, tudo que eles vão querer (e nós também) é conseguir de alguma forma voltar no tempo.